Blog - Luiz Gustavo Web

Neste espaço me dedico a escrever artigos sobre GNU/Linux e desenvolvimento web.
Sinta-se à vontade.

Selecionar arquivos novos, modificados e removidos ao mesmo tempo no Git

13 de Agosto de 2015

Utilizamos o comando git add para monitorar arquivos ou selecionar modificações no diretório de trabalho para a área de preparação, ou seja, pronto a serem comitados.

O comando requer um caminho de um arquivo ou diretório; se é de um diretório, o comando seleciona todos os arquivos do diretório recursivamente.

Ao executar git add . na raiz do diretório de trabalho, por exemplo, você estará selecionando todos os arquivos recursivamente para a área de preparação.

Uma coisa importante a dizer é, que, git add . procura apenas por arquivos novos ou modificados (e não ignorados). Ele não envia ações de remoção de arquivos para a área de preparação.

Por isso vamos olhar duas opções ou flags que o comando git add fornece:

-u 

git add -u procura por arquivos modificados e por ações de remoções de arquivos no diretório de trabalho. No entanto, ele não seleciona ou passa a monitorar arquivos novos.

-A

git add -A é um atalho para os dois comandos anteriores. Ele é equivalente para: git add . && git add -u. Portanto, ele seleciona tudo.

Resumo:

git add .   seleciona novos e modificados, não seleciona deletados

git add -u seleciona modificados e deletados, não seleciona novos

git add -A seleciona novos, modificados e deletados

© 2006 - 2018